Raízes Aéreas

Siouxsie & the Banshees

In Música pelo mundo on 13 de fevereiro de 2015 at 23:22

Siouxsie and the Banshees foi uma banda de rock britânica formada em Londres em 1976. A base principal do grupo era a parceria nas composições de Siouxsie Sioux (vocal) e Steven Severin (baixo). Alguns críticos consideram como a banda de pós-punk mais importante a surgir no cenário britânico de música. A banda se separou em 1996 em meio a um crescente número de desentendimentos entre Siouxsie e Severin. Entre seus principais sucessos destacam-se as canções “Hong Kong Garden”, “Happy House”, “Christine”, “Spellbound”, “Peek-a-Boo” e “Kiss Them For Me”.

Formação (1976 – 1977)

A primeira apresentação com a formação original, foi no Punk Festival, em 20 de setembro de 1976, no 100 Club, em Londres. A banda tocou somente covers como “Twist And Shout” (Phil Medley e Bert Russell), “Knockin’ On Heaven’s Door” (do Bob Dylan) e e uma versão de cerca de vinte minutos de The Lord’s Prayer, que agradara somente a um dos assistentes de Malcom McLaren, empresário do Sex Pistols, que se encontrava na platéia. Logo após a apresentação, foram convidados a acompanhar o Sex Pistols como banda de abertura em uma turnê pela Inglaterra.

A formação de então era: Siouxsie Sioux nasceu como Susan Ballion (vocal), Steve Havoc (baixo) a banda também incluía Sid Vicious (bateria) e Marco Pirroni (guitarra).

Desde então, Siouxsie e Severin passaram a liderar a banda em uma troca incrível de guitarristas que pouco ficaram na banda.

Para substituir Vicious e Pirroni, entraram Kenny Morris (baterista) e John McKay (guitarrista), o que deixou a formação estável nos 2 primeiros discos da banda até o fim de 1979.

Peepshow e Superstition (1988 – 1992)

Entram para a banda o tecladista Martin McCarrick, (ex-músico de Marc Almond), e o guitarrista Jon Klein, ex-Specimen, substituindo John Carruthers.

Uma nova sonoridade se iniciou no grupo de forma gradativa. Aos poucos, a banda adotaria cada vez mais um som pop e dançante. O álbum de 1988, Peepshow, mostrava bem as novas tendências do grupo trazendo faixas dançantes e um toque eletrônico. “Peek-a-boo”, primeira música da banda a entrar na parada de singles americana, também assustou os fãs mais radicais por ser quase um hip-hop e rock experimental. Depois do lançamento de Peepshow a banda ficaria três anos sem lançar um álbum.

Em 1991 voltaram com um álbum que têm raízes no pop, Superstition, álbum produzido por Stephen Hague, que chegou a entrar na Billboard. O single “Kiss Them For Me” foi inspirado pelo atriz Jayne Mansfield. Também em 1991, a banda se apresentou na primeira edição do Lollapalooza.

Em 1992 foi lançada a segunda coletânea da banda, Twice Upon a Time, que também conta com a música inédita “Fireworks”, Lados B e Singles, como a canção “Face to Face”, feita para o filme Batman, O Retorno, de Tim Burton.

The Rapture O Fim (1993 – 1996)

O último álbum da banda veio em 1995, The Rapture, produzido por ex-Velvet Underground, John Cale. O lançamento foi seguido por uma grande turnê mundial.

Mas foi em 1996 que veio o encerramento das atividades, após 20 anos de carreira, que coincidiu com a volta do Sex Pistols. No comunicado em que declaram o fim da banda, Siouxsie afirma: Como a indústria musical prepara-se para reviver os primeiros anos do punk, quando confundiam os oportunistas com os protagonistas e assinavam contrato com qualquer coisa com um alfinete de fralda que pudesse cuspir, Siouxsie and The Banshees gostariam de dizer “Obrigado e Adeus.”

Anos 2000 – presente

Siouxsie e Budgie continuaram e continuam até hoje com a sua banda que antes era um projeto paralelo, The Creatures. Steve Severin desenvolveu alguns projetos solo como a trilha sonora do filme Visions of Ecstacy além de participações em outras bandas.

A banda ressurgiu para uma breve aparição em abril de 2002, em Londres, quando a banda fez uma pequena turnê intitulada Seven Year Itch tour, que contou com a seguinte formação: Siouxsie Sioux, o baixista Steve Severin, o Budgie na bateria e guitarrista Knox Chandler (ex-Psychedelic Furs).

O nome da turnê faz alusão aos sete anos de separação da banda, e teve como fruto o lançamento simultâneo de um CD e um DVD, com gravações ao vivo. O CD também intitulado The Seven Year Itch, traz quatorze músicas retiradas do mesmo show. As gravações foram feitas durante show no The Shepherds Bush Empire, em Julho de 2002, em Londres.

Apesar do sucesso da turnê que contou com bilheteria esgotada em todas as apresentações, a reunião da banda era mesmo passageira.

Atualmente Siouxsie canta a solo, tendo lançado, em 2007, o álbum Mantaray. No ano de 2009, Siouxsie e Budgie, que estavam casados desde 1991, se divorciaram.

Em outubro de 2014, os últimos quatro álbuns de estúdio foram relançados em versões remasterizadas. A cantora e seu ex-baixista tanto concebeu um cd chamado It’s a Wondeful Life uma vida maravilhosa para a revista mensal Mojo, emitida em 30 de setembro, com Siouxsie na capa. Neste CD, o par honrado diversos compositores de música para cinema e da música clássica que os haviam inspirado.

Legado

Os Banshees influenciaram uma série de bandas de rock na carreira, incluindo U27 e The Smiths, o guitarrista Johnny Marr declarou que John McGeoch sobre Juju de Siouxsie and the Banshees foi uma influência. Artistas como Tricky, Massive Attack e LCD Soundsystem não se cansam de mencionar Siouxsie and the Banshees como uma das suas principais influências.

Integrantes

Siouxsie Sioux
Steven Severin
Budgie

Discografia

1978 – The Scream
1979 – Join Hands
1980 – Kaleidoscope
1981 – Juju
1982 – A Kiss in the Dreamhouse
1983 – Nocturne
1984 – Hyaena
1986 – Tinderbox
1987 – Through the Looking Glass
1988 – Peepshow
1991 – Superstition
1995 – The Rapture
2002 – The Best of Siouxsie and the Banshees
2004 – Downside Up
2006 – Voices on the Air: The Peel Sessions
2009 – At The BBC

Fonte biográfica: Wikipédia

Fotos

__________

Vídeos

__________

Hong Kong Garden
Spellbound
Happy House
Dear Prudence
Arabian Knights
Christine
Kiss Them for Me
Cities in Dust
The Passenger
Israel

Topo

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: