Raízes Aéreas

Toto

In Música pelo mundo on 26 de junho de 2014 at 14:34

Toto é uma banda de rock dos Estados Unidos formada em 1977 em Los Angeles. Foram bem sucedidos na década de 1980, lançando álbuns aclamados como Toto IV, sendo conhecidos por compactos como “Hold the Line”, “Rosanna”, “Africa” e “Stranger in Town”. Por ter sido formada por músicos veteranos de estúdio, uma característica marcante da banda era sua qualidade técnica, assim como a combinação de diferentes estilos musicais tais como pop, rock, soul, funk e jazz. Apesar de serem frequentemente associados ao soft rock, a variedade de seu som permitiu a sua popularização em uma ampla gama de ouvintes. Juntos, lançaram dezessete álbuns e venderam mais de trinta milhões de gravações.

Formação

A banda foi formada em 1977 por seis músicos de estúdio, que anteriormente haviam trabalhado regularmente com Steely Dan, Seals and Crofts, Boz Scaggs, Sonny and Cher, e outros. Filho do famoso músico e arranjador Marty Paich, o tecladista David Paich se popularizou após coescrever o álbum Silk Degrees de Boz Scaggs. Após tocar em diversas sessões com o baterista Jeff Porcaro, os dois começaram a discutir a possibilidade de formar sua própria banda. Reuniram-se com o baixista David Hungate, já conhecido das turnês com Boz Scaggs. Também convidaram o guitarrista Steve Lukather e o tecladista (irmão de Jeff) para incrementar o grupo. Com a adição do cantor Bobby Kimball, o grupo começou a trabalhar em seu primeiro álbum em 1977, após assinar com a Columbia Records.

Nome e álbum de estreia

Após completar as canções, a banda entrou em estúdio para gravar o álbum. Segundo um mito popular, Jeff Porcaro escreveu “Toto” em uma das fitas demo para distingui-la de outras no estúdio. Outro rumor associa o nome da banda ao sobrenome real de Bobby Kimball, Toteaux, na realidade uma piada popularizada pelo baixista David Hungate. Mesmo após o término das gravações, eles ainda não tinham um nome. Após ler o nome nas fitas demo, David Hungate explicou ao grupo que o termo “Toto” significava “universal” em latim. Tendo em vista que os integrantes já haviam tocado em diferentes gravações e gêneros musicais, adotaram o nome para si.

Após seu lançamento, Toto entrou rapidamente nas paradas musicais, ganhando popularidade com o compacto “Hold The Line”, assim como “I’ll Supply the Love” e “Georgy Porgy”. Décadas mais tarde, “Hold the Line” foi usada na trilha sonora do jogo eletrônico Grand Theft Auto: San Andreas, tocando na rádio especializada em rock clássico.

A banda ganhou atenção internacional e foi indicada para o Grammy de Melhor Artista Novo. No começo de 1979 a banda partiu para sua primeira turnê estado-unidense. Para os concertos eles levaram mais dois músicos, Tom Kelly (guitarra, vocal de apoio) e Lenny Castro (percussão).

Past To Present e Jean-Michel Byron

Steve Lukather com a guitarra acústica e cantando – Varus Open Airde Osnabrück, Alemanha, 2004

Apesar do sucesso da turnê de The Seventh One, após seu fim a banda decidiu substituir o vocalista Joseph Williams. Durante a parte europeia o cantor havia perdido sua voz em diversas apresentações devido a uma combinação de gripe e abuso de festas e drogas, levando o restante do grupo a decidir em favor da mudança.9 A banda queria reunir o vocalista original Bobby Kimball para gravar novas canções, mas a gravadora insistiu na contratação do cantor sul-africano Jean-Michel Byron. Com ele, a banda já gravou quatro novas canções, incluídas no álbum de compilação Past to Present 1977-1990, lançado em 1990.

Logo após o término da turnê de suporte ao álbum, tornou-se claro que a imagem e a apresentação de Byron não combinava com a visão da banda para seus concertos, e ele foi demitido.13 Dada a recepção negativa do músico aos fãs da banda, a maioria de suas apresentações foram removidas do álbum de vídeo “Toto Live”, sendo ele listado somente como vocalista de apoio nos créditos.

Morte de Jeff Porcaro

Novamente sem um vocalista, o guitarrista Steve Lukather assumiu o microfone, e a banda gravou Kingdom of Desire pela Columbia Records. O que seguiu foi a tragédia da morte de Jeff Porcaro; em 5 de agosto de 1992, Jeff sofreu uma reação alérgica de um pesticida usado em seu jardim. A banda quase terminou por conta desse evento, mas a família do músico insistiu na continuação. Simon Phillips foi o único baterista contratado para substituí-lo, tendo em vista que Porcaro gostava dele, e porque Lukather já havia trabalho com Simon numa turnê anterior com Santana e Jeff Beck no Japão em 1986. O Toto entrou em turnê em memória de Jeff. Em 1993, lançaram o álbum ao vivo Absolutely Live. A partir de 1991, Steve Lukather passou a assumir a maioria dos vocais (até o retorno de Bobby Kimball em 1998).

No fim da turnê, a banda apresentou um concerto de tributo a Jeff Porcaro em Los Angeles, em 14 de dezembro de 1992. Entre os músicos convidados estava Don Henley, Eddie Van Halen, Donald Fagen, Walter Becker, Boz Scaggs, James Newton Howard, Michael McDonald, Richard Marx, além de uma aparição especial de George Harrison.

Fim da banda em 2008

Após rumores, em 5 de junho de 2008 Steve Lukather anunciou em seu sítio pessoal o fim da banda. Em 5 de abril a banda havia se apresentado pela última vez, em Seul. Nos 31 anos de existência a banda vendeu trinta milhões de gravações.

Reformulação temporária

Foi anunciado em 26 de fevereiro de 2010 que a banda estava se reunindo para uma breve turné de verão na Europa para ajudar Mike Porcaro que foi diagnosticado com Esclerose lateral amiotrófica. A formação da banda para estes shows conta com David Paich, Steve Lukather, Steve Porcaro, Simon Phillips, Joseph Williams e o baixista Nathan East como músico convidado.

Morre Fergie Frederiksen

Em 18 de janeiro de 2014 foi postado o seguinte texto na página oficial de Fergie Frederiksen:

“É com muito pesar que eu anuncio a vocês que meu irmão do peito Fergie Frederiksen faleceu hoje. Ele não teve dor, seu legado sobreviverá!”

Embora o autor não tenha comentado a causa da morte na postagem, há algum tempo que Fergie lutava contra um câncer terminal.

Integrantes

Steve Lukather – guitarra, vocal, teclado, bandolim (1977–2008; 2010-presente)
David Paich – teclado, vocal (1977–2008; 2003-2008; 2010-presente)
Simon Phillips – bateria, percussão, teclado (1992–2008; 2010-presente)
Steve Porcaro – teclado, sintetizador (1977–1988; 2010-presente)
Joseph Williams – vocal (1986–1988; 2010-presente)
Nathan East – baixo (ao vivo) (2010-presente)
Bobby Kimball – vocal e teclado (ocasionalmente) (1977–1984; 1998–2008)
Mike Porcaro– baixo, violoncelo (1982–2008)
Greg Phillinganes – teclado, vocal (2005–2008)
David Hungate – baixo (1977–1982)
Fergie Frederiksen – vocal (1984–1985)
Jeff Porcaro – bateria, percussão (1977–1992)
Jean-Michel Byron – vocal (1990)
Leland Sklar – baixo (ao vivo) (2007-2008)

Álbuns de estúdio

1978 – Toto
1979 – Hydra
1981 – Turn Back
1982 – Toto IV
1984 – Isolation
1986 – Fahrenheit
1988 – The Seventh One
1992 – Kingdom of Desire
1995 – Tambu
1999 – Mindfields
2002 – Through the Looking Glass
2006 – Falling in Between

Fonte da Bio: Wikipédia.

F o t o s

__________

V í d e o s

__________

Africa
Hold the Line
Rosanna
Georgy Porgy
I Won't Hold You Back
I'll Be Over You
Stop Loving You
Pamela
99
I'll Supply The Love

Topo

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: