Raízes Aéreas

Beyoncé

In Música pelo mundo on 14 de setembro de 2012 at 13:48

Beyoncé Giselle Knowles (Houston, 4 de Setembro de 1981), mais conhecida simplesmente como Beyoncé, é uma cantora, dançarina, compositora, arranjadora vocal, produtora, diretora de vídeo, atriz e empresária americana nascida e criada em Houston, no Texas. Cantora desde a infância, Beyoncé se tornou conhecida no ano de 1997, como vocalista do grupo feminino de R&B Destiny’s Child, que mundialmente já vendeu mais de 50 milhões de discos.

Em 2003, ela lançou seu álbum de estreia em carreira solo, Dangerously in Love. O álbum teve um bom desempenho comercial e os singlesCrazy in Love” e “Baby Boy” foram os únicos a alcançar o primeiro lugar na Billboard Hot 100. No ano seguinte ela foi premiada com cinco Grammy Awards.

Em 2006, ela lançou seu segundo álbum de estúdio, B’Day, dando continuidade a sua carreira solo depois da separação do grupo Destiny’s Child em 2005. B’Day se tornou seu segundo álbum consecutivo em primeiro lugar na Billboard 200. O single “Irreplaceable”, de seu segundo álbum, foi o que mais se destacou por permanecer por dez semanas consecutivas em primeiro lugar na Billboard Hot 100.

Seu terceiro álbum solo, I Am… Sasha Fierce, foi lançado em Novembro de 2008. Ele também teve um desempenho comercial muito favorável, sendo certificado pela ABPD como disco de diamante. A música “Single Ladies (Put a Ring on It)” foi uma das músicas do seu terceiro álbum que mais se destacou, se tornando o seu quinto single em primeiro lugar na Billboard Hot 100. No Grammy Awards de 2010, Beyoncé se tornou a artista feminina que mais foi premiada em apenas uma edição da premiação, por vencer seis das dez categorias em que estava concorrendo. Atualmente Beyoncé já ganhou ao longo de sua carreira 16 Grammys (13 em carreira solo e 3 com o grupo Destiny’s Child). Ela é um dos artistas que mais ganhou esse prêmio.

Sua carreira como atriz teve inicio em 2001, quando interpretou Carmen Brown no filme Carmen: A Hip Hopera. Beyoncé também atuou em outros filmes, como Austin Powers in Goldmember, Resistindo às Tentações, Dreamgirls e outros. Sua atuação no filme Dreamgirls lhe rendeu duas indicações ao Globo de Ouro nas categorias Melhor atriz em um filme, comédia ou musical e Melhor canção original para a música “Listen”.

Junto com a sua mãe, Tina Knowles, ela lançou em 2004 uma linha de roupas chamada House of Deréon. A maior inspiração foi sua avó, chamada Agnèz Deréon. Beyoncé já trabalhou para marcas como Pepsi, Tommy Hilfiger, Armani e L’Oréal. Em 2009 a revista Forbes elegeu Beyoncé como a cantora mais rica do mundo com menos de 30 anos de idade, por ter arrecadado mais de 87 milhões de dólares no período de 2008 a 2009.

Até 2010 Beyoncé possui cinco singles em primeiro lugar na Billboard Hot 100. Ao longo de sua carreira ela já vendeu mais de 75 milhões de discos em todo o mundo isso fez dela um dos artistas de música que mais venderam discos de todos os tempos.

De acordo com a gravadora Sony Music em Outubro de 2009, se juntar as vendas de discos de Beyoncé e do Destiny’s Child o resultado irá ultrapassar mais de 100 milhões de discos vendidos. A revista Billboard colocou Beyoncé em quarto lugar na lista dos melhores artistas da década de 2000; aparece também no nono lugar, com o grupo Destiny’s Child. Em Fevereiro de 2010 a RIAA listou Beyoncé como a artista que mais recebeu certificações na década. No mesmo ano o VH1 colocou Beyoncé no número 52 em sua lista dos 100 Maiores Artistas de Todos os Tempos. Em 2011 durante a premiação do Billboard Music Awards, Beyoncé recebeu o premio de Billboard Millennium Award.

Vida antes da fama

Beyoncé nasceu em Houston, maior cidade do estado do Texas. Seu pai é Mathew Knowles, um executivo musical e empresário, sua mãe é Tina Knowles, uma figurinista e estilista de cabelo. Seu pai é um afro-americano e sua mãe é descendente de crioulos. Beyoncé foi batizada com o nome de solteira de sua mãe, como uma forma de homenageá-la. Beyoncé tem uma irmã chamada Solange, que também é cantora e atriz.

Beyoncé foi educada na escola St. Mary’s Elementary School, localizada no Texas, onde ela se matriculou em aulas de dança, incluíndo o balé e jazz. Foi o seu professor de dança quem descobriu a vocação musical da garota. Seu interesse musical aconteceu aos 7 anos de idade, quando ela participou e venceu o seu primeiro show de talentos, cantando a música “Imagine”, de John Lennon. A jovem cantora foi ganhando notoriedade, tanto que chegou a ser citada no jornal Houston Chronicle, como candidata da região para o prêmio de artes The Sammy.

Em 1990, ela foi matriculada na escola de música Parker Elementary School, onde ela cantava com o coral da escola. Também estudou na escola High School for the Performing and Visual Arts e depois passou a estudar na escola Alief Elsik High School, ambas em Houston. Beyoncé foi solista no coro da igreja St. John’s United Methodist Church. Com 9 anos de idade ela conheceu LaTavia, em uma audição para um grupo feminino. Mais tarde, as jovens cantoras se juntaram e formaram o grupo feminino Girl’s Tyme, que era formado por seis garotas, entre elas Kelly, LeToya e LaTavia.

O produtor de R&B Arne Frager, depois de ver o desempenho das jovens cantoras, as convidou para gravar em seu estúdio o The Plant Recording Studios, no norte da califórnia. O grupo cantou pela primeira vez no Star Search, um respeitado show de talentos da televisão americana, mas a apresentação acabou se tornando o primeiro fracasso de sua carreira.

Para gerenciar o grupo, seu pai, que na época era um vendedor de equipamentos médicos, deixou o seu emprego em 1995. Depois que seu pai saiu de seu emprego, o rendimento financeiro de sua família diminuiu, forçando seus pais a viverem em apartamentos separados. Em 1995, com o fim do grupo Girl’s Tyme, o Destiny’s Child assina contrato com a gravadora Elektra Records, mas acaba saindo da gravadora antes de lançar um álbum de estreia. Em 1996, o grupo assinou contrato com a gravadora Columbia Records e, um ano mais tarde, lança a sua primeira música de trabalho, “No, No, No”, que alcançou a terceira posição na Billboard Hot 100.

Vida pessoal

Beyoncé admitiu em Dezembro de 2006 que, durante as disputas judiciais envolvendo o Destiny’s Child em 2000, sofreu de depressão por causa das brigas entre LeToya Luckett e LaTavia Roberson contra Mathew Knowles. Ela também afirmou que foi publicamente atacada pela mídia, por críticos e blogs, o que agravou a situação. Nesse mesmo período, seu namoro de sete anos havia acabado. O namoro começou quando ela tinha 12 anos e durou até os seus 19 anos.

A depressão foi tão grave que durou dois anos. Ela se mantinha em seu quarto durante dias e se recusava a comer qualquer coisa. Beyoncé disse que se esforçou para não falar sobre a sua depressão, pois o Destiny’s Child tinha acabado de ganhar seu primeiro Grammy Award e ela temia que ninguém a levasse a sério.

Durante uma entrevista à revista Instinct em 2009, Beyoncé afirmou que a sua forte educação religiosa não afetou a forma como ela vê as pessoas gays

Casamento

Desde 2002, Beyoncé tem um relacionamento com o rapper Jay-Z, com quem já fez várias parcerias musicais. O namoro dos dois teve inicio durante as gravações da música “’03 Bonnie & Clyde”. Apesar dos boatos sobre o relacionamento persistirem, eles permaneceram discretos sobre o assunto.

No dia 4 de Abril de 2008, ela se casou com Jay-Z em Nova Iorque, tornando isso público somente no dia 22 de Abril de 2008. O seu anel de casamento só foi exibido em público no dia 5 de Setembro de 2008, no Fashion Rocks, provando realmente que ela estava casada com Jay-Z. As cenas de seu casamento foram mostradas no vídeo de abertura da festa de audição do álbum I Am… Sasha Fierce, no Manhattan’s Sony Club.

1997 — 2001: Destiny’s Child

O grupo Girl’s Tyme mudou seu nome para Destiny’s Child em 1993, com base em uma passagem no Livro de Isaías. Após alguns anos na estrada se apresentando em eventos locais, o grupo assinou um contrato com a Columbia Records em 1996. Um ano depois o grupo gravou sua primeira música na gravadora, “Killing Time”, para a trilha sonora do filme Men in Black. Antes de seu primeiro álbum ser lançado, o grupo abriu alguns shows para o TLC. Em 1998, o grupo lançou seu álbum de estreia auto-intitulado Destiny’s Child. O álbum teve um desempenho comercial favorável, vendendo nos Estados Unidos mais de um milhão de cópias. Nesse mesmo ano o grupo foi premiado com três Soul Train Lady of Soul Awards. O segundo álbum do grupo, The Writing’s on the Wall, foi lançado em 1999 e teve dois hits em primeiro lugar nos Estados Unidos: “Bills, Bills, Bills” e “Say My Name”. No Grammy Awards de 2001, a música “Say My Name” venceu duas categorias da premiação.

Em 2000, Beyoncé anunciou no programa TRL que LaTavia e LeToya não faziam mais parte do grupo Destiny’s Child, o videoclipe da música “Say My Name” confirmou a saída das duas integrantes. O clipe mostra as duas novas integrantes Michelle Williams e Farrah Franklin. A saída de LaTavia e LeToya do grupo gerou um processo judicial das duas contra Mathew Knowles. Elas alegaram ter descoberto sua demissão somente depois de ver o videoclipe de “Say My Name”. O processo foi arquivado e resolvido fora dos tribunais. Cinco meses depois de entrar no grupo Farrah foi demitida, Beyoncé explicou a sua demissão dizendo:

Depois da saída de Farrah do grupo, o Destiny’s Child gravou a música “Independent Women Part I” para a trilha sonora do filme Charlie’s Angels. A música permaneceu em primeiro lugar na Billboard Hot 100 por onze semanas consecutivas. Em 2001, o grupo lançou seu terceiro álbum de estúdio, Survivor, afirmando que as músicas desse álbum são destinadas a elas. O álbum estreou em primeiro lugar na Billboard 200 com 663 mil cópias vendidas. Mundialmente o álbum vendeu mais de 10 milhões de cópias e nos Estados Unidos vendeu mais de 4 milhões de cópias.

A música “Bootylicious” foi a única do álbum Survivor a ficar em primeiro lugar na Billboard Hot 100. Em Outubro de 2001, o grupo lançou seu primeiro álbum de músicas natalinas, 8 Days of Christmas. Em 2002, o grupo foi indicado a duas categorias do Grammy Awards, vencendo apenas a categoria Melhor Performance R&B por Duo ou Grupo com Vocal pela música “Survivor”. Em Maio de 2002, foi lançado o álbum This Is the Remix, o segundo de remixes do grupo. Logo em seguida o Destiny’s Child teve uma pausa para dar inicio aos projetos individuais dos integrantes do grupo.

1999 — 2004: Cantora solo, atriz e Dangerously in Love

Em 1999 Beyoncé fez o seu primeiro trabalho solo gravando um dueto com o Marc Nelson na música “After All Is Said and Done” para a trilha sonora do filme The Best Man. Em 2000 fez uma parceira com a rapper Amil na música “I Got That”. Nesse mesmo ano ela assinou um contrato como cantora solo com a gravadora Columbia Records. O contrato relata três álbuns e um adiantamento de 1,5 milhões de dólares.

No início de 2001, enquanto o Destiny’s Child estava completando o álbum Survivor, ela atuou em um filme feito pela MTV, Carmen: A Hip Hopera, atuando com o ator Mekhi Phifer. Situado na Filadélfia, o filme é uma interpretação moderna da ópera Carmen do século XIX pelo compositor francês Georges Bizet.

Em 2002, Beyoncé co-estrelou o filme, Austin Powers in Goldmember, interpretando Foxxy Cleopatra e atuando com o ator Mike Myers. A música “Work It Out” foi gravada para a trilha sonora do filme e lançada como o seu primeiro single em carreira solo. Ainda nesse ano ela foi apresentada a Jay-Z e gravou com ele a música “’03 Bonnie and Clyde“. No ano seguinte atuou com o ator Cuba Gooding, Jr. na comédia romântica, The Fighting Temptations, gravando várias músicas para a trilha sonora do filme, incluindo as músicas “Fighting Temptation” (com Missy Elliott, MC Lyte e Free) e uma versão cover de “Fever”.

Ainda em 2003, ela gravou uma nova versão da música “In da Club” do rapper 50 Cent, intitulada “Sexy Lil’ Thug”. A música foi lançada em Março de 2003. Ela regravou com Luther Vandross a música “The Closer I Get to You”, que foi originalmente gravada por Roberta Flack e Donny Hathaway em 1977. Essa versão foi incluída no álbum Dangerously in Love de Beyoncé e no décimo terceiro álbum de Luther Vandross, Dance with My Father. Os dois álbuns foram lançados em 2003.

Depois de Kelly Rowland e Michelle Williams, ela lançou o seu álbum de estreia, Dangerously in Love, em Junho de 2003. O álbum estreou em primeiro lugar na Billboard 200, vendendo 317 mil cópias na semana de seu lançamento. A RIAA certificou o álbum com quatro discos de platina. Nos Estados Unidos o álbum vendeu mais de 4.7 milhões de cópias.

O álbum teve dois singles em primeiro lugar na Billboard Hot 100. O primeiro single do álbum, “Crazy in Love“, que contou com a participação do rapper Jay-Z, ficou oito semanas consecutivas em primeiro lugar. E o segundo single do álbum, “Baby Boy”, teve participação do cantor Sean Paul, que permaneceu no primeiro lugar por nove semanas consecutivas em primeiro lugar.

Em 2004, Beyoncé foi premiada com cinco Grammy Awards nas categorias Melhor Performance Vocal de Cantora de R&B por “Dangerously in Love 2”, Melhor Canção de R&B por “Crazy in Love“, Melhor Álbum de R&B Contemporâneo por Dangerously in Love, Melhor Performance Vocal de Grupo ou Dueto por “The Closer I Get to You” e Melhor Colaboração de Canção/Rap por “Crazy in Love”. Além de Beyoncé as únicas cantoras que ganharam cinco Grammys em apenas uma edição da premiação foram: Lauryn Hill em 1999, Alicia Keys em 2002, Norah Jones em 2003 e Amy Winehouse em 2008.

2004 — 2005: Destiny Fulfilled e o fim do grupo

Em 2004, Beyoncé tinha um projeto de lançar seu segundo álbum de estúdio utilizando as músicas que não foram usadas em Dangerously in Love, esse projeto foi cancelado por falta de tempo devido às gravações das músicas do grupo Destiny’s Child. Depois de uma pausa de três anos o grupo lançou o álbum Destiny Fulfilled em Novembro de 2004, que ficou na segunda posição na Billboard 200 e teve dois singles no Top 10 da Billboard Hot 100.

Para divulgar melhor o quarto álbum o grupo iniciou em Abril de 2005 a turnê mundial Destiny Fulfilled … And Lovin’ It que durou até Setembro de 2005. Foi durante um show dessa turnê, em Barcelona, que o grupo anunciou que iria se separar. Em Outubro de 2005 o grupo lançou um álbum de compilação intitulado #1’s. O álbum inclui os singles que tiveram um desempenho favorável e três músicas inéditas: “Feel the Same Way I Do”, “Stand Up for Love” e a trilha sonora do filme A Pantera Cor-de-Rosa a música “Check on It”.

2006 — 2007: Carreira no cinema e B’Day

O Destiny’s Child foi homenageado com uma estrela na Calçada da Fama em Março de 2006. Ainda nesse mesmo ano o grupo foi reconhecido como um dos que mais venderam discos nos últimos tempos.

Dando continuidade a sua carreira cinematográfica, Beyoncé co-estrelou o filme A Pantera Cor-de-Rosa, junto com o ator Steve Martin, que interpretou o Inspetor Jacques Clouseau. No filme Beyoncé interpreta Xania, uma estrela pop internacional. O filme foi lançado em 10 de Fevereiro de 2006, e estreou em primeiro lugar nas bilheterias, arrecadando 21,7 milhões de dólares na semana de seu lançamento. Beyoncé gravou para a trilha sonora do filme a música “Check on It”, com a participação do rapper Slim Thug. A música foi lançada como um single e alcançou o primeiro lugar na Billboard Hot 100.

No final de 2005, ela adiou mais uma vez as gravações de seu segundo álbum depois que conseguiu um papel no filme Dreamgirls, uma adaptação cinematográfica do musical de 1981 da Broadway também chamado Dreamgirls. O filme é vagamente baseado na história de Diana Ross e The Supremes. No filme, ela interpreta Deena Jones uma personagem baseada em Diana Ross.

Lançado em Dezembro de 2006, Dreamgirls tem a participação de Jamie Foxx, Eddie Murphy e Jennifer Hudson. A trilha sonora foi gravada pelos atores do filme. No dia 14 de Dezembro de 2006, Beyoncé recebeu duas indicações ao Globo de Ouro nas categorias Melhor atriz em um filme, comédia ou musical pela atuação em Dreamgirls e na categoria Melhor canção original por “Listen”.

Beyoncé trabalhou nos estúdios da Sony Music, em Nova Iorque, com colaboradores musicais do seu álbum anterior, como Rich Harrison, Rodney Jerkins e Sean Garrett. Ela co-escreveu e co-produziu quase todas as canções incluídas no seu segundo álbum, que ficou concluído em três semanas.

B’Day foi lançado dia 5 de Setembro de 2006 nos Estados Unidos e mundialmente no dia 4 de Setembro de 2006, para coincidir com a data do seu aniversário de 25 anos de idade. O álbum estreou em primeiro lugar na Billboard 200, vendendo mais de 541 mil cópias na primeira semana, tornado-se sua maior marca de vendas como artista solo. O álbum foi certificado três vezes disco de platina nos Estados Unidos pela Recording Industry Association of America. O primeiro single do álbum “Déjà Vu“, alcançou a primeira posição no Reino Unido, o single tem a participação do rapper Jay-Z. “Irreplaceable” foi lançado mundialmente como o segundo single do álbum em Outubro de 2006. Nos Estados Unidos ele foi lançado como o terceiro single do álbum. “Irreplaceable” permaneceu por 10 semanas consecutivas em primeiro lugar na Billboard Hot 100, se tornando uma das músicas bem sucedidas de Beyoncé na Billboard.

B’Day foi relançado em uma versão Deluxe no dia 3 de Abril de 2007, incluindo cinco faixas novas e a versão em espanhol de “Irreplaceable” e “Listen”. Simultaneamente com a versão Deluxe foi lançado o DVD B’Day Anthology, que contém a videografia do álbum. Para promover seu segundo álbum de estúdio Beyoncé deu início à turnê mundial The Beyoncé Experience em 2007. O DVD ao vivo The Beyoncé Experience Live foi lançado no mesmo ano. Contém uma apresentação desse turnê. No Grammy Awards de 2007, o álbum B’Day foi premiado na categoria Melhor álbum de R&B contemporâneo. No American Music Awards de 2007 Beyoncé se tornou a primeira mulher a ganhar o prêmio de Artista Internacional.

2008 — 2010: I Am… Sasha Fierce e pausa na carreira

Em 2008 Beyoncé interpretou a cantora Etta James no filme Cadillac Records. Seu desempenho no filme recebeu elogios da crítica. No mesmo ano ela atuou com os atores Ali Larter e Idris Elba no filme Obsessed, que estava em produção desde Maio de 2008. O filme foi lançado nos Estados Unidos no dia 24 de Abril de 2009, tendo um bom desempenho comercial arrecadando 11,1 milhões de dólares no dia de seu lançamento. Arrecadou 28,6 milhões de dólares após uma semana de seu lançamento.

Seu terceiro álbum de estúdio, I Am… Sasha Fierce, foi lançado no dia 18 de Novembro de 2008. Um mês antes do seu lançamento, Beyoncé lançou dois novos singles nas rádios “If I Were a Boy” e “Single Ladies (Put a Ring on It)”. “If I Were a Boy” alcançou a primeira posição em sete países diferentes, principalmente nos países europeus. “Single Ladies (Put a Ring on It)” ficou em primeiro lugar na Billboard Hot 100 durante quatro semanas não consecutivas, se tornando o seu quinto single em primeiro lugar na Billboard.

No dia 18 de Janeiro de 2009, Beyoncé cantou no Lincoln Memorial durante as festividades em honra a inauguração do presidente Barack Obama, o 44 º presidente dos Estados Unidos. No dia 20 de Janeiro de 2009, o presidente Obama e sua esposa Michelle tiveram sua primeira dança no baile de posse com Beyoncé cantando sua versão cover da música “At Last”, música cantada originalmente pela cantora Etta James. Para promover seu terceiro álbum de estúdio ela iniciou em 2009 a turnê mundial I Am… Tour. Durante o período de 30 de Julho a 2 de Agosto de 2009 ela realizou em Las Vegas um show acústico intitulado I Am… Yours.

No MTV Video Music Awards de 2009, o videoclipe da música “Single Ladies (Put A Ring On It)” foi premiado nas categorias Clipe do Ano, Melhor Coreografia e Melhor Edição. Em Outubro de 2009, ela foi premiada pela revista Billboard com o prêmio de Mulher do Ano. A revista NME elegeu a música “Crazy in Love” como a melhor música da década de 2000. Em Dezembro de 2009 Beyoncé ficou em segundo lugar na lista dos Maiores Nomes da Indústria do Entretenimento, perdendo a primeira posição para o ator Johnny Deep. Em 2009 fez uma parceria musical com Alicia Keys, sua amiga desde os 14 anos de idade. As duas gravaram a música “Put It in a Love Song” que foi incluída no álbum The Element of Freedom. Ela também regravou a música “Video Phone” e gravou a música “Telephone” com Lady Gaga.

No início de 2010, Beyoncé em uma entrevista para o jornal USA Today, afirmou que fará uma pausa de seis meses em sua carreira com o intuito de buscar inspiração para gravação de seu quarto álbum de estúdio.

Em 2010, Beyoncé foi a artista que mais recebeu indicações ao Grammy Awards. Foi premiada em seis categorias e se tornou a artista feminina que mais recebeu prêmios em apenas uma edição da premiação. A turnê I Am… Tour terminou em Fevereiro de 2010 passando por países da América Latina e no Caribe. Durante a passagem de Beyoncé pelo Brasil, ela gravou com Alicia Keys o videoclipe da música “Put It in a Love Song” na Favela Santa Marta e no Morro da Conceição, ambos localizados na cidade do Rio de Janeiro. A música “Telephone” se tornou o sexto single de Beyoncé e Lady Gaga em primeiro lugar na Billboard Pop Songs.

Beyoncé gravou nos dia 13 e 14 de Abril de 2010, a campanha do dia dos namorados para a marca de roupas e acessórios C&A. Também assinou uma coleção especial para a marca. Beyoncé fez parte do prejeto chamado C&A Pop Fashion, que utiliza pessoas do mundo pop musical. As cantoras Fergie e Nicole Scherzinger também já trabalharam nesse projeto.

2010 — presente: 4

O produtor Rodney Jerkins confirmou em seu twitter que já está trabalhando com Beyoncé em novas músicas que supostamente farão parte do novo álbum da cantora. The-Dream também está trabalhando em algumas faixas para o novo álbum. O produtor Jim Jonsin está programado para trabalhar no quarto álbum de Beyoncé.

Em Agosto de 2010, o cantor Ne-Yo confirmou em seu Twitter que ele está trabalhando com Beyoncé em seu próximo álbum. Sean Garrett revelou em uma entrevista feita no MTV Video Music Awards de 2010 que ele está trabalhando com Beyoncé nas músicas do novo álbum e que ela está interessada em fazer música de festa por está vivendo uma boa fase na vida.

O produtor Sean Garrett afirmou em Outubro de 2010 que Beyoncé pediu a ele que pare de divulgar notícias sobre seu novo álbum, o produtor divulgava constantemente notícias sobre o novo álbum de Beyoncé em seu twitter, explicando a situação ele disse:

Durante uma entrevista para a MTV no lançamento do I Am… World Tour em Nova Iorque Beyoncé disse: “Eu estou misturando todo tipo de gênero que eu amo e eu estou inspirada por todo tipo de gênero“. Ela também revelou que Fela Kuti, The Stylistics, Lauryn Hill, Stevie Wonder e Off the Wall de Michael Jackson inspiraram o álbum.[121] De acordo com a revista Rap-Up o quarto álbum de Beyoncé será lançado em 2011. De acordo com Denis Handlin, presidente da Sony Music australiana, o novo disco da cantora sai em Junho e será inovador.

Além do novo projeto musical, Beyoncé faz um retorno na sua carreira como atriz, atuando no remake de A Star Is Born, que será dirigido e produzido por Clint Eastwood, para a Warner Bros. Esse será o quarto remake de A Star Is Born, a versão mais notável foi a 1976 com Barbra Streisand e Kris Kristofferson. Beyoncé foi pressionada pelos executivos da indústria da música depois que alguns documentos revelaram que ela tinha recebido 1 milhão de dólares para se apresentar para os membros da família do ditador da Líbia, o coronel Muamar Kadafi. Porem uma porta-voz de Beyoncé revelou que ela já tinha doado o dinheiro para a Clinton Foundation, criada para ajudar as vítimas do terremoto no Haiti em 2010. No dia 28 de Março de 2011, foi anunciado que a carreira de Beyoncé já não seria administrada por seu pai Mathew Knowles, que já era o seu empresário desde a existência do Destiny’s Child.

No dia 21 de Abril de 2011, Beyoncé lançou digitalmente no iTunes o primeiro single do seu quarto álbum de estúdio, que recebeu o nome de Run the World (Girls). No dia 9 de Maio de 2011 a Billboard confirmou que Beyoncé seria homenageada com o prêmio Billboard Millennnium na cerimonia do Billboard Music Awards de 2011.

No dia 11 de abril de 2011, Beyoncé divulgou o título do seu álbum em uma entrevista feita para a revista, Billboard Magazine, o disco se chamará 4, em homenagem aos fãs, já que Beyoncé tinha outro nome em mente.

Seu quarto álbum de estúdio, 4, foi lançado no dia 24 de Junho de 2011. No dia 26 de Junho de 2011 Beyoncé se apresentou no festival de Glastonbury, na Inglaterra. Ela realizou o show de encerramento e foi a primeira artista feminina a se tornar a atração principal do festival. 4 foi certificado no Brasil com três discos de platina em menos de 24 horas após seu lançamento. O álbum debutou em primeiro lugar no Brasil, na UK Albums Chart, UK R&B Albums Chart e UK Digital Albums Chart. No dia 5 de Julho, o álbum também estreou na Billboard 200 em primeiro lugar.

No Brasil

No dia 9 de Dezembro de 2009, a cantora Ivete Sangalo confirmou em seu Twitter que iria abrir os shows de Beyoncé no Brasil. Em seu Twitter também postou elogios a Beyoncé, escrevendo: “Beyoncé é sem dúvida alguma a maior artista dos últimos anos, ela é linda e vem para arrasar“.

Os ingressos para os shows dela no Brasil, começaram a ser vendidos a partir do dia 21 de Dezembro de 2009. Os ingressos para o show no Rio de Janeiro se esgotaram em menos de uma semana após o início das vendas. Na Bahia, a venda dos ingressos aconteceu apenas no Shopping Iguatemi, causando uma super lotação no Shopping.

Suas apresentações foram no dia 4 de Fevereiro, em Florianópolis, no Parque Planeta Atlântida; 6 de Fevereiro, em São Paulo, no Estádio do Morumbi; nos dias 7 e 8 de Fevereiro no HSBC Arena, no Rio de Janeiro; e no dia 10 de Fevereiro em Salvador, no Parque de Exposições de Salvador.

O show de abertura em Florianópolis e no Rio de Janeiro foi feito por Wanessa Camargo. Em São Paulo, apenas Ivete Sangalo fez o show de abertura. A apresentação da banda feminina Valkyrias foi cancelada por causa da forte chuva que aconteceu no dia do show. Em Salvador, Ivete Sangalo realizou o show de abertura.

Durante o seu primeiro show, Beyoncé falou para seus fãs o motivo que fez ela cantar no Brasil, dizendo: “Estou muito feliz de estar no Brasil pela primeira vez. Só tenho a agradecer por todo esse carinho. No Twitter e na internet, vocês pediram para vir ao Brasil e aqui estou.

Seu show no Estádio do Morumbi teve um total de 60 mil pessoas. Durante sua apresentação ela afirmou que esse foi um dos seus maiores públicos, dizendo: “Muito obrigada por me receberem aqui. Este é meu maior show, e este é um dos maiores públicos para o qual cantei.

Seus shows no Brasil tiveram críticas positivas do público e da mídia. Carlos Albuquerque, do jornal O Globo, escreveu que “turnê de Beyoncé é uma espécie de ‘Avatar’ musical”. O jornalista ainda fez elogios a performance e ao palco de Beyoncé.

Álbuns

2003     Dangerously in Love
2006     B’Day
2008     I Am… Sasha Fierce
2011     4

Fonte: Wikipédia.

Fotos

__________

Videos

__________

Topo

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: