Raízes Aéreas

Charles Bradley

In Música pelo mundo on 15 de junho de 2012 at 1:50

Charles Bradley é um cantor norte-americano de funk, soul e R&B nascido em 1948 em Gainesville, Flórida. Suas performances e estilo de gravação consistem com os padrões revival da gravadora com a qual trabalha, a Daptone Records, celebrando o sentimento da música funk e soul das décadas de 60 e 70. Bradley demonstra claramente as influências de James Brown e Otis Redding.

Bradley é o assunto do documentário “Soul of America”, que teve seu lançamento no South by Southwest em 2012.

Bradley foi criado por sua avó na Florida até os oito anos, quando conheceu sua mãe que o convidou para morar com ela no Brooklyn em Nova Iorque.

Em 1962, sua irmã o levou ao Apollo Theater para assistir um show de James Brown. Bradley ficou tão inspirado pela apresentação que começou a imitar em casa o estilo de James Brown de cantar e dançar.

Na adolescência, Bradley fugiu de casa e foi morar nas ruas e em metrôs durante dois anos. Algum tempo depois se alistou no Job Corps, que é um programa gratuito de educação e estímulo vocacional do governo norte americano. O Job Corps o levou para o Maine para trabalhar como cozinheiro-chefe. Certa vez enquanto estava trabalhando alguém o disse que ele parecia com James Brown, ainda assim quando questionado se sabia cantar teve medo de admitir. Finalmente superou esse medo e fez cinco ou seis shows com uma banda, que acabou se separando quando os colegas de Bradley foram convocados para a Guerra do Vietnã.

Bradley continuou no seu trabalho de cozinheiro no Maine por dez anos até decidir se mudar para o oeste, atravessando o pais como caroneiro. Ele morou no norte do estado de Nova Iorque, em Seattle, no Canadá e no Alasca antes de finalmente estabelecer residência na Califórnia, onde trabalhou em empregos temporários e se apresentou em pequenos shows durante vinte anos.

Carreira musical

Em 1996, Bradley recebeu uma ligação de sua mãe que pediu para que fosse morar novamente com ela no Brooklyn. Foi lá que começou a se apresentar em clubes como sósia de James Brown usando o apelido Black Velvet. Durante esse período, experienciou tempos mais difíceis, inclusive quase morreu em um hospital depois de ter recebido uma injeção de penicilina (da qual é alérgico) e acordado com a chegada da polícia na cena do assassinato de seu irmão na rua da casa de sua mãe.

Durante suas apresentações como Black Velvet foi descoberto por Gabriel Roth, co-fundador da Daptone Records. Roth apresentou Bradley ao artista Tom Brennek, que o convidou para os ensaios de sua banda. Bradley disse pra banda ir tocando seus instrumentos enquanto simplesmente ia improvisando letras durante as músicas. Depois de Bradley escrever algumas músicas, a Daptone lançou algumas delas em vinil começando em 2002, dez foram escolhidas para o seu disco de estréia No Time For Dreaming em 2011.7

Na primavera de 2012 foi lançado Soul of America, um documentário dirigido por Poull Brien, que conheceu Bradley quando dirigiu o videoclipe para a música “The World (Is Going Up In Flames).” O filme estreou no festival de cinema SXSW em Austin, Texas e conta a história de Bradley desde sua infância na Flórida, passando por seus dias de mendigo e seus shows como Black Velvet, o filme termina com sua primeira turnê e gravação do disco pela Daptone Records.

O segundo disco de Bradley, Victim of Love, foi lançado em 2 de abril de 2013 ainda pela Daptone Records.12

Álbuns de estúdio

2011 No Time For Dreaming
2013 Victim of Love

Fonte: Wikipédia.
Atualizado em 23/11/2014.

Fotos

__________

Vídeos

__________

The World (Is Going Up in Flames)

No time for dreaming

How Long

I Believe In Your Love

Golden Rule

Heartaches and Pain

In You (I Found a Love)

Why Is It So Hard

Love Bug Blues

Stay Away

Topo

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: