Raízes Aéreas

MxPx

In Música pelo mundo on 27 de junho de 2011 at 10:58

MxPx é uma banda cristã de punk rock formada em 1993 na cidade de Bremerton, Washington, Estados Unidos, por Mike Herrera, atual compositor, vocalista e baixista. O estilo de música que a banda apresenta se relaciona ao punk da década de 1970 e 1980. Suas letras criticam ou comentam relacionamentos, mas não somente sobre.

Em 1993 três garotos de Bremerton, Washington, formaram a banda Magnified Plaid, que contava com Mike Herrera no baixo e vocal, Yuri Ruley na bateria e Andy Husted na guitarra.

Passaram alguns meses e Andy deixou a banda para dar lugar a Tom Wisniewski, e começa assim, uma série de concertos locais. Como o nome da banda não era “um dos melhores”, decidiram manter a abreviação M.P., mas o artista de cartazes e folders era o próprio Yuri, que no lugar do “.”, desenhava um “x”. O novo esquema foi se difundindo, e então passaram a ser conhecidos como MxPx.

Após uma série de concertos em Bremerton (cidade famosa pela base naval), o MxPx chama a atenção da gravadora Tooth & Nail, que os convidaram para lançar seu primeiro disco, Pokinatcha.

No ano seguinte a banda entrou em estúdio para gravar mais um disco, Teenage Politics. A partir desse momento a banda já chamava a atenção de todos, e o single e hit “Punk Rawk Show” já era um dos mais escutados pelos skatistas. Ainda esse ano, o álbum ganha também uma versão japonesa.

Em 1996 a banda lança o EP Move to Bremerton, que conta com uma versão ao vivo de “Chick Magnet”, que logo depois virou um hit. No ano seguinte a banda entrou novamente em estúdio para a gravação de Life in General, do qual saíram sucessos como “Middlename”, “Andrea”, “Doing Time” e a própria “Chick Magnet”. Em 1998 lançaram Slowly Going the Way of the Buffalo e no ano seguinte, o primeiro disco ao vivo, o At the Show.

Em 2000, a banda vai para a renomada gravadora A&M Records. O disco seguinte The Ever Passing Moment é inovador, diferente de tudo que o MxPx havia feito até então. No ano seguinte saiu pela Fat Wreck Chords o EP The Renaissance.

Após uma pausa de dois anos a banda lança mais um lançamento, ainda pela A&M Records, Before Everything & After. É o disco mais maduro que a banda fez até o momento. O primeiro e único single do disco é “Everything Sucks (When You’re Gone)”. O disco, por ser de fato leve comparado aos anteriores, foi bastante criticado.

Após problemas com a gravadora e vários boatos que o MxPx tinha acabado ainda em 2004, A&M Records anuncia que a banda não faria mais parte do grupo. Mike comunicou oficialmente que a banda não havia acabado, e dias depois anuncia que foram contratados pela SideOneDummy Records, lançando um DVD e um EP ainda naquele ano. No início de 2005 a banda cancelou alguns concertos para poder finalizar o mais novo álbum, prometido para o meio do ano, que foi lançado com o nome Panic.

Depois do CD Panic, muitos fãs das “antigas” ficaram decepcionados com a banda, por uma certa popularização, letras diferentes do que o MxPx sempre fez, e um som menos punk e mais pop que antes.

Depois das turnês, a banda entrou em estúdio em 2006, e saiu o EP Let’s Rock, que também não animou os grandes fãs, com um som do mesmo estilo de Panic e aí muitos críticos de música, já o rotulavam de Pop Punk, banda de punk modinha dos anos 90 e 2000 e etc…

Mas 2007 foi um ano sério com muito trabalho e esforço, depois de muitos boatos com o fim da banda após a saída da A&M Records, fim da parceria com a Tooth & Nail Records fãs de punk, hardcore e da banda se decepcionarem com uma certa mudança, surgiu mais um CD. Mas dessa vez, parecia que o MxPx tinha mesmo feito um CD do jeito que eles queriam e que todos esperaram. Secret Weapon chegou, e não era mais um som como o de Panic. Era um som mais pesado, resgatando o início da banda, com um toque atual, deixando um Punk Rock bem diferente do antigo, mas nada que fugisse do ideal original da banda. “Secret Weapon” e “Shut It Down” são as atuais músicas de trabalho da banda, um CD com um som mais punk hardcore do que nunca, letras politizadas, protestantes e fortes assim como contém algumas músicas mais baladinhas, mas que pela maioria dos fãs, foi um CD que agradou e que impressionou os críticos da música que o chamavam de banda Pop Punk/Punk Rock moda.

O MySpace da banda recebeu mais de 300.000 visitas na primeira semana após o lançamento de Secret Weapon e o álbum novo está em 76º lugar no Top 200 da Billboard na primeira semana.

A Alternative Press descreveu o álbum da seguinte forma: “MxPx encontrou seu centro […] e produziu o CD mais coezo de sua carreira”, já a Guitar World disse: “Um retorno glorioso à forma”.

Secret Weapon surpreendeu a muitos pela atitude que o CD trouxe, e o respeito que a banda ganhou pelos fãs e frequentadores de várias edições da Warped Tour, largando a linha de estilo de bandas como Blink-182, Green Day, New Found Glory, e voltando para bandas como NOFX, Pennywise, Bad Religion, Dogwood, e etc…

Agora, a banda participa de eventos como Warped Tour, Cornerstone Festival e de turnês com bandas locais e parceiras, fazendo tour com músicas de trabalho do CD Secret Weapon considerado por muitos a volta por cima do MxPx a velha e boa forma.MxPx é uma banda cristã de punk rock formada em 1993 na cidade de Bremerton, Washington, Estados Unidos, por Mike Herrera, atual compositor, vocalista e baixista. O estilo de música que a banda apresenta se relaciona ao punk da década de 1970 e 1980. Suas letras criticam ou comentam relacionamentos, mas não somente sobre.

Em 1993 três garotos de Bremerton, Washington, formaram a banda Magnified Plaid, que contava com Mike Herrera no baixo e vocal, Yuri Ruley na bateria e Andy Husted na guitarra.

Passaram alguns meses e Andy deixou a banda para dar lugar a Tom Wisniewski, e começa assim, uma série de concertos locais. Como o nome da banda não era “um dos melhores”, decidiram manter a abreviação M.P., mas o artista de cartazes e folders era o próprio Yuri, que no lugar do “.”, desenhava um “x”. O novo esquema foi se difundindo, e então passaram a ser conhecidos como MxPx.

Após uma série de concertos em Bremerton (cidade famosa pela base naval), o MxPx chama a atenção da gravadora Tooth & Nail, que os convidaram para lançar seu primeiro disco, Pokinatcha.

No ano seguinte a banda entrou em estúdio para gravar mais um disco, Teenage Politics. A partir desse momento a banda já chamava a atenção de todos, e o single e hit “Punk Rawk Show” já era um dos mais escutados pelos skatistas. Ainda esse ano, o álbum ganha também uma versão japonesa.

Em 1996 a banda lança o EP Move to Bremerton, que conta com uma versão ao vivo de “Chick Magnet”, que logo depois virou um hit. No ano seguinte a banda entrou novamente em estúdio para a gravação de Life in General, do qual saíram sucessos como “Middlename”, “Andrea”, “Doing Time” e a própria “Chick Magnet”. Em 1998 lançaram Slowly Going the Way of the Buffalo e no ano seguinte, o primeiro disco ao vivo, o At the Show.

Em 2000, a banda vai para a renomada gravadora A&M Records. O disco seguinte The Ever Passing Moment é inovador, diferente de tudo que o MxPx havia feito até então. No ano seguinte saiu pela Fat Wreck Chords o EP The Renaissance.

Após uma pausa de dois anos a banda lança mais um lançamento, ainda pela A&M Records, Before Everything & After. É o disco mais maduro que a banda fez até o momento. O primeiro e único single do disco é “Everything Sucks (When You’re Gone)”. O disco, por ser de fato leve comparado aos anteriores, foi bastante criticado.

Após problemas com a gravadora e vários boatos que o MxPx tinha acabado ainda em 2004, A&M Records anuncia que a banda não faria mais parte do grupo. Mike comunicou oficialmente que a banda não havia acabado, e dias depois anuncia que foram contratados pela SideOneDummy Records, lançando um DVD e um EP ainda naquele ano. No início de 2005 a banda cancelou alguns concertos para poder finalizar o mais novo álbum, prometido para o meio do ano, que foi lançado com o nome Panic.

Depois do CD Panic, muitos fãs das “antigas” ficaram decepcionados com a banda, por uma certa popularização, letras diferentes do que o MxPx sempre fez, e um som menos punk e mais pop que antes. Depois das turnês, a banda entrou em estúdio em 2006, e saiu o EP Let’s Rock, que também não animou os grandes fãs, com um som do mesmo estilo de Panic e aí muitos críticos de música, já o rotulavam de Pop Punk, banda de punk modinha dos anos 90 e 2000 e etc…

Mas 2007 foi um ano sério com muito trabalho e esforço, depois de muitos boatos com o fim da banda após a saída da A&M Records, fim da parceria com a Tooth & Nail Records fãs de punk, hardcore e da banda se decepcionarem com uma certa mudança, surgiu mais um CD. Mas dessa vez, parecia que o MxPx tinha mesmo feito um CD do jeito que eles queriam e que todos esperaram. Secret Weapon chegou, e não era mais um som como o de Panic. Era um som mais pesado, resgatando o início da banda, com um toque atual, deixando um Punk Rock bem diferente do antigo, mas nada que fugisse do ideal original da banda. “Secret Weapon” e “Shut It Down” são as atuais músicas de trabalho da banda, um CD com um som mais punk hardcore do que nunca, letras politizadas, protestantes e fortes assim como contém algumas músicas mais baladinhas, mas que pela maioria dos fãs, foi um CD que agradou e que impressionou os críticos da música que o chamavam de banda Pop Punk/Punk Rock moda.

O MySpace da banda recebeu mais de 300.000 visitas na primeira semana após o lançamento de Secret Weapon e o álbum novo está em #76 no Top 200 da Billboard na primeira semana.

A Alternative Press descreveu o álbum da seguinte forma: “MxPx encontrou seu centro e produziu o CD mais coezo de sua carreira”, já a Guitar World disse: “Um retorno glorioso à forma”.

Secret Weapon surpreendeu a muitos pela atitude que o CD trouxe, e o respeito que a banda ganhou pelos fãs e frequentadores de várias edições da Warped Tour, largando a linha de estilo de bandas como Blink-182, Green Day, New Found Glory, e voltando para bandas como NOFX, Pennywise, Bad Religion, Dogwood, e etc…

Agora, a banda participa de eventos como Warped Tour, Cornerstone Festival e de turnês com bandas locais e parceiras, fazendo tour com músicas de trabalho do CD Secret Weapon considerado por muitos a volta por cima do MxPx a velha e boa forma.

São 3 Cristãos convíctos da sua salvação, tratam em muitas das suas letras a fé convicta em Cristo e tocaram em muitas Igrejas em suas turnes pelos EUA e Europa, e pregam muito a palvra em seus shows, principalmente o Yuri.

Próximo lançamento após “Secret Weapon” de 2007 é “The Ultimate Collection” em 11 de Março de 2008, álbum duplo com compilações dos primeiros álbuns lançados pelo selo Tooth & Nail Records além de faixas do próprio “Secret Weapon” e b-side de “Let It Happen”

Em 2009 lançam o segundo EP de covers “On The Cover 2” e tambem o EP ‘’Left Coast Punk’‘

Integrantes

Integrantes atuais
Mike Herrera – Baixo e Vocal
Tom Wisniewski – Guitarra
Yuri Ruley – Bateria

Ex-integrantes
Andy Husted – Guitarra

Discografia

Álbuns de estúdio
Pokinatcha (1994)
Teenage Politics (1995)
Life in General (1996)
Slowly Going the Way of the Buffalo (1998)
The Ever Passing Moment (2000)
Before Everything & After (2003)
Panic (2005)
Let’s Rock (2006)
Secret Weapon (2007)
The Ultimate Collection (2008)

Álbuns ao vivo
At the Show (1999)

Propaganda de Bremerton

Em setembro de 2006 a banda e a administração da cidade de Bremerton começaram um trabalho de marketing envolvendo a canção “Move To Bremerton EP”. A agência comunitária da cidade recebeu os direitos autorais da canção para ser executada em uma página Web promocional da cidade, e o MxPx tocou em um concerto no Admiral Theatre em 16 de setembro do mesmo ano. além disso receberam do então prefeito Cary Bozeman a chave da cidade, em reconhecimento às suas contribuições para com Bremerton.

Videos

_______________

Fotos

_______________

_______________

Topo

______

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: