Raízes Aéreas

John Mayer

In Música pelo mundo on 26 de maio de 2011 at 14:21

John Clayton Mayer (nascido em 16 de outubro de 1977) é um músico norte-americano. Originalmente de Bridgeport, ele estudou na Berklee College of Music antes de se mudar para Atlanta, Geórgia em 1997. Seus dois primeiros álbuns de estúdio, Room for Squares e Heavier Things, foram bem comercialmente, atingindo multi-platina. Em 2003, ele ganhou o prêmio Melhor Performance Vocal Pop Masculina no Grammy Award para “Your Body Is A Wonderland”.

Mayer começou sua carreira tocando rock principalmente acústico, mas aos poucos começou uma transição para o blues em 2005, colaborando com artistas de renome blues como B.B. King, Buddy Guy e Eric Clapton, e por formar o John Mayer Trio. A influência do blues pode ser ouvido em seu álbum Continuum, lançado em setembro de 2006. No 49th Annual Grammy Awards, em 2007, Mayer ganhou o prêmio de Melhor Álbum Pop Vocal para Continuum e Melhor Performance Vocal Pop Masculina por “Waiting On The World To Change”.

Infância

Nascido em Bridgeport, Connecticut, Mayer cresceu em Fairfield, Connecticut, e fez o colegial na Fairfield Warde High School e na Brien McMahon High School em Norwalk, Connecticut. No seu terceiro ano ele entrou no Center for Global Studies Abroad (na época conhecido como Center for Japanese Studies Abroad), um programa para estudantes do Condado de Fairfield estudarem japonês.

Mayer escutava música pop, mas somente aos treze anos que ele começou a tocar guitarra elétrica, quando um vizinho lhe deu uma fita de Stevie Ray Vaughan, Mayer descobriu o blues. Depois de dois anos praticando, ele começou a tocar em bares de blues e outros locais. No colegial ele estava em uma banda chamada Villanova Junction com Joe Beleznay, Tim Procaccini, e Rich Wolf.

Educação Musical e Início da Carreira

Depois de tocar guitarra por vários anos, Mayer entrou na Berklee College of Music em Boston, Massachusetts aos 19 anos. Ele logo percebeu que, ao invés de estudar música, seu maior interesse era escrever e tocar. Assim, decidiu abandonar os estudos e mudar para Atlanta, Geórgia. Lá, ele inicou sua carreira de fato, rapidamente ganhando fama local nos cafés e bares da região.

Sucesso

Em 2003, ganhou um Grammy de Melhor Performance Vocal Pop Masculina pelo lançamento em 2002 do compacto “Your Body Is A Wonderland” do disco Room for Squares. Em fevereiro de 2005, foi premiado em Performance Vocal Pop Masculina pela canção “Daughters” do disco Heavier Things. Os seus rivais ao título eram Elvis Costello, Josh Groban, Prince e Seal. Levou também para casa o Grammy de Canção do Ano que foi entregue aos compositores de “Daughters”. Dedicou o prêmio à sua avó, Annie Hoffman, que havia falecido em maio de 2004. Em fevereiro de 2007, foi premiado em Melhor Interpretação Pop Masculina pela canção “Waiting On The World To Change” do CD Continuum. Seus rivais: James Blunt, John Legend,Britney Spears,Jay-Z Paul McCartney, Daniel Powter. E ainda por Melhor Álbum Pop, com o CD Continuum. John Mayer fez turnê com várias bandas, incluindo Maroon 5, Guster, Counting Crows, The Wallflowers, e Teitur. Algumas de suas canções mais populares são “Gravity”, “Bigger Than My Body”, “No Such Thing” e “Your Body Is a Wonderland”.

Apesar da fama de compositor sensível, é também um excelente guitarrista. Influenciado por Jimi Hendrix e Stevie Ray Vaughan, aceitou um convite de Eric Clapton para tocar no Crossroads Guitar Festival.

John permite a gravação de áudio da maioria de seus shows, permitindo também a troca não-comercial destas gravações. Os detalhes legais estão aqui. Dá, assim, a chance aos fãs de recriar a experiência do show ao vivo, além de incentivar a interação entre os fãs. Estas trocas de gravações ajudaram a torná-lo mais conhecido no começo de sua carreira.

Na edição de 1 de Junho de 2004 da revista Esquire, Mayer começou uma coluna chamada “Music Lessons with John Mayer” (lições musicais com John Mayer). Cada artigo continha uma lição (umas mais técnicas do que outras) e sua visão a respeito de vários tópicos, tanto de interesse pessoal quanto popular. Em uma ocasião ele convidou os leitores a criar a melodia para letras “órfãs” que havia escrito.

Mudança de Estilo Musical

Em 2004, John trabalhou com o produtor e artista de hip hop Kanye West, aparecendo na canção “Go” do rapper Common e “Bittersweet” do próprio Kanye West. Quando foi questionado a respeito de sua presença na comunidade de hip hop e seu afastamento da música pop ele disse “Aquilo não é mais música no momento. Por isso, para mim, hip hop é o que o rock costumava ser.”

Foi mais ou menos nessa época que ele começou a mostrar mudanças em seus interesses musicais, anunciando que ele estava “fechando a loja de sensibilidade acústica.” Em 2005 ele iniciou uma série de colaborações com artistas de blues, incluindo Buddy Guy, BB King, Eric Clapton e o artista de jazz John Scofield. Ele fez turnê como o pianista Herbie Hancock que incluiu um show no Bonnaroo Music Festival em Manchester, Tennessee.

Ainda no mesmo ano, John formou o John Mayer Trio com o baixista Pino Palladino e o baterista Steve Jordan, quem ele conheceu em sessões de estúdio anteriores. O Trio toca uma combinação entre blues e rock. Em novembro de 2005 eles lançaram um disco ao vivo chamado “TRY!”. O primeiro compacto, “Who Did You Think I Was?” faz referência à decisão de John de se afastar da música pop acústica. Em outubro de 2005 o John Mayer Trio abriu para os Rolling Stones em uma turnê deles cujos ingressos foram esgotados.

O novo disco de John, “Continuum”, lançado em setembro de 2006, foi produzido pelo próprio John Mayer, juntamente com o baterista do trio, Steve Jordan. Este novo disco continua no estilo de seu lançamento com o trio, combinando sua característica música pop com a sensação, som, groove e sensibilidade do blues. Algumas faixas do disco do trio, “Try! Live In Concert”, foram lançadas no “Continuum” (mas com “um pouco mais de John”) incluindo “Vultures” e “Gravity”, além de uma versão cover da canção Bold as Love, originalmente gravada por Jimi Hendrix. “Continuum” estreou já na 2ª posição da Billboard e “Waiting On The World To Change” foi a 3ª canção mais comprada da iTunes Store na semana de seu lançamento.

__________Álbuns__________

Fotos

__________

Videos

__________

__________

Topo

____

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: